Clique para abrir o álgum de fotos Bruno Wysuj
Baixo

Natural de Gorznó, Lezno, na Polônia, onde nasceu em 26 de julho de 1926.

Concluiu seus estudos no Conservatório de Luxemburgo e, em 1945, ingressou no Conservatório Real de Bruxelas. De 1948 a 1951 foi o primeiro baixo do Teatro La Monnaie, de Bruxelas.

Wysuj recebeu reconhecimento público e foi aclamado pela crítica européia. Fez apresentações exitosas em Bruxelas, Paris,Amsterdam, Berlim, Haya, Varsóvia, Cracóvia, Beyruth, Baden-Baden, entre outras cidades. Além da carreira na ópera foi grande nome na música camerística.

Após ter vindo várias vezes ao Brasil em 1958 naturalizou-se brasileiro, vindo a residir no Rio de Janeiro. Ficou no país durante 9 anos. Bruno Wysuj visitou Porto Alegre, a convite, várias vezes, para apresentações em concertos e recitais. Cantou com a OSPA, sob direção de Pablo Komlós, em junho de 1954, a ópera Fidélio, de Beethoven.

Sobre sua arte disse o crítico PAULO ANTÔNIO: "Cantor de larga projeção e intensa atividade, tanto na qualidade de concertista como no exercício do magistério, Bruno Wysuj fez jus ao prestígio de que se cercou em todo o Brasil."
A ele assim se referiu EDSON NEQUETE: "Voz e técnica em completa submissão às mais profundas exigências da música."

Nas suas passagens por Porto Alegre ministrou aulas, enriquecendo, com sua vasta experiência, a técnica e cultura musical de nossos cantores.

Beneficiaram-se de seus conhecimentos: RUTH GUIMARÃES, ELSA BUENO, REGINA DE BOER, MILKA PREUSS, VICTÓRIA ELNECAVÉ, ANITA RIOS, NORMA HUMMES, ENY CAMARGO, FERNANDO ELSNER, LUIZ FERNANDO CASTRO, entre outros.

Bruno Wysuj e sua esposa, a soprano Regina de Carvalho, atualmente residem em Paris.