Clique na foto para ampliar Frederico Gerling Junior
Maestro

Natural de Jaraguá do Sul - SC, muito cedo mudou-se para São Paulo, onde iniciou seus estudos musicais.

Além de graduar-se em Pedagogia, com especializações, cursou o Conservatório de Música de São Paulo, tendo aulas com: Mto. Edoardo Guarnieri (regência de ópera); Mto. Martin Braunwieser (regência coral); e com a Profª. Irma de Rimini e o Prof. Hércules Sevillis (canto).

Iniciou sua carreira em São Paulo como regente de Corais da Secretaria da Educação e Cultura do município paulistano.

Foi diretor artístico e regente da Sociedade Lírica de Pernambuco e diretor de produção da TV canal 2, em Recife. Regeu no Teatro Municipal do Rio de Janeiro a primeira montagem brasileira da ópera Dido and Aeneas, de Purcell.

Foi chefe do setor de ópera do Teatro Guaíra (Curitiba-PR), onde fundou o Coral Sinfônico do Paraná, sendo posteriormente o Diretor Artístico daquele teatro.

No Rio Grande do Sul fundou o Liceu Riograndense de Artes Líricas e a Associação Lírica Porto-Alegrense. Através da ALPA realizou diversas montagens independentes de ópera, bem como de algumas Temporadas Oficiais do Governo do Estado.

Desde a fundação do Centro de Cultura Musical da PUCRS, há 20 anos, hoje, Instituto de Cultura Musical, atua como diretor e regente do Coral e Orquestra Filarmônica da PUCRS, promovendo cursos, concursos (destacando Natho Henn), oratórios, cantatas, recitais e óperas.

Em Porto Alegre regeu mais de 60 espetáculos de ópera, entre elas: Il Trovatore; La Forza del Destino; Fausto; Aída; Carmen; Rigoletto; O Barbeiro de Sevilha; La Gioconda; Dido e Aeneas; La Traviata; Giovanna D'Arco; A Flauta Mágica; A Viúva Alegre; O Morcego; O Guarani; La Bohème; entre outras.

Além de regente é também compositor de obras como: Cantata Rei dos Reis; Stabat Mater; Te Deum; Missa Breve, Dois Poemas ao Sol e Cantata Cristo Mestre.

Por seu relevante trabalho em prol do desenvolvimento da cultura no Rio Grande do Sul recebeu em 1994 recebeu o título de Gaúcho Honorário; em 1996 recebeu do Governo do Estado a Medalha João Simões Lopes Neto; em 2002 recebeu o Título de Cidadão Honorário de Porto Alegre e em 2006 a Comenda do Ponche Verde.

Com o sonho de levar “música ao povo”, em 1988 criou a série “Concertos Comunitários Zaffari”, que já se tornou uma referência cultural no sul do país. Há 20 anos, com o patrocínio da Cia. Zaffari e apoio de destacadas empresas como Tramontina, Nestlé e Grupo Votorantin, vem encantando as platéias gaúchas mesclando as mais belas canções brasileiras com os clássicos da música erudita.

São 20 anos de sucesso que colocaram os Concertos Comunitários Zaffari em destaque em inúmeras vezes: em 1995, recebendo o prêmio Líderes e Vencedores, na categoria Destaque Comunitário, concedido pela Federasul; em 1998, a Cia. Zaffari foi laureada com o título de Patrono da Cultura Brasileira, conferido pelo Ministério da Cultura pelo incentivo à cultura; em 1999, recebeu da Rede Globo de Televisão e Grupo RBS o troféu Construir, na categoria Destaque Cultural.

Para registrar este importante movimento cultural, gravou os cds “Concertos Comunitários Zaffari” volumes I, II, III, IV, V, VI, VII e VIII. Destacando que esta série de cds é única no Brasil, devido às imensas dificuldades de gravar um cd com coral, orquestra e solistas.

Os “Concertos Comunitários Zaffari” já atingiram o impressionante número de mais de 1.000.000 espectadores, além dos telespectadores nas transmissões por TV.

Frederico Gerling Junior faleceu em 15 de novembro de 2010.