Clique na foto para ampliar Gessy Geyer
Soprano lírico ligeiro

Nasceu em Porto Alegre, 29 de agosto de 1935.

Fez sua formação na Escola de Música Maestro Léo Schneider, onde estudou, durante 6 anos com a Professora Maria Helena Schneider, tendo concluído o Curso de Canto em 1955. Nessa época, até 1960, participou de recitais e Oratórios do Maestro Léo Schneider, sob regência do mesmo.

Foi coralista e solista na Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, de 1970 a 1980, onde estudou com os maestros Pablo Komlós, Túlio Belardi e Armando Baraldi, vindo a graduar-se em 1976.

Fez Curso de Aperfeiçoamento com o maestro italiano Pasquale Gambardella, no Rio de Janeiro, onde apresentou-se, em recital, na Sala Cecília Meirelles. Com o Coral da Ospa participou da Nova Sinfonia de Beethoven, do Messias, de Händel, Missas, Requiens e Óperas. Foi Gilda em O Rigoletto, de Verdi, em 1970 e 1971, no Auditório Araújo Vianna. Além de participar com a Ospa, na qualidade de solista em vários recitais e concertos em Porto Alegre e no Interior do Estado, Gessy Geyer foi solista nas óperas Lucia de Lammermoor, Rita e Don Pasquale, de Donizetti, Os Contos de Hofmann, de Offenbach, Carmen, de Bizet, La Bohème e Madama Butterfly, de Puccini, Tannhauser, de Wagner, La Traviata, de Verdi, A Flauta Mágica, de Mozart e a opereta O Barão Cigano, de Johann Strauss.