Clique para abrir o álbum de fotos Ida Weisfeld
Soprano

Nasceu na Alemanha, na cidade de Colônia, em 29 de novembro de 1914.

Sua iniciação musical começou em casa, com sua mãe Berta Lubjanin, que era cantora de renome. Mais tarde, em Berlim, estudou dança e cena em academias particulares, preparando-se para o ingresso no Rose Theater. Foi aprovada nos testes e ficou atuando por dois anos.

Já no Brasil, em 1935, além dos exercícios vocais que fazia com sua mãe, recebeu aulas de Temira de Azevedo Barros e Helena Caro.

Foi contratada pela Rádio Farroupilha onde, curiosamente, cantava em quatro línguas, cada uma com um nome diferente. Assim, era Ida Lubja, quando cantava em alemão, Mireille, quando em francês, Jane Wright, quando em inglês e Natascha, quando em russo.

Alguns anos após casou-se com Miguel Weisfeld.

Foi convidada pelo Maestro Pablo Komlós para integrar o elenco de cantores da OSPA.

Participou nas seguintes óperas: La Traviata, Butterfly, Hänsel und Gretel, La Bohème, Aída, Il Trovatore, As Bodas de Fígaro, A Flauta Mágica, Carmen e Fidélio.

Oratórios: O Messias, de Händel, As Quatro Estações, de Haydn, O Oratório de São Marcos, de Bach, Stabat Mater, de Pergolesi e a Missa Lord Nelson, de Haydn. Destaque para a Nona Sinfonia, de Beethoven.

Concertos e Recitais: obras de Schumann, Brahms, Beethoven, Francisco Mignone, Fauré, Mussorgsky, entre outros, além de antigas árias italianas.

A professora Ida faz questão de nomear os profissionais que a acompanharam ao piano durante sua carreira: Demóphilo Xavier, Charlotte Dennin, Lea Kiefer, Zuleica Guedes e Hubertus Hofmann.

Desde o início de suas atividades Ida Weisfeld vem-se dedicando ao ensino de técnica vocal para cantores líricos e para coralistas.

Seus ensinamentos foram valiosos para a carreira de dezenas de solistas e para os integrantes dos seguintes corais: UFRGS, SESC, MARGS, Santa Casa de Misericórdia, Igrejinha, Igrejas Nossa Senhora Aparecida e Pompéia e Coral Ars Nova.

Ida Weisfeld faleceu em 30 de agosto de 2013.