Clique na foto para ampliar Lídia Rossi
Soprano

Natural de Florença (Itália). Estudou canto e interpretação no Conservatório Santa Cecília, em Bologna, onde teve como colegas Totti Dal Monte, Adelaide Sarraceni e Gabriella Galli.

Foi aperfeiçoar-se em Milão, onde estreou com La Bohème no Teatro Rossini, iniciando trajetória de sucesso em seu país. Em Paris, onde permaneceu por seis meses no Teatro Olympia, brilhou como estrela da Companhia Lírica Italiana do empresário Billoro.

Aos 23 anos, década de 20, com uma carreira promissora em sua terra, inicia turnê pela América do Sul em companhia dirigida pela artista italiana Lea Candini. Depois de percorrer diversos países, Lídia Rossi foi integrar o conjunto de Franca Boni.

Com ela veio ao Brasil e, em 1938, ficou conhecendo Porto Alegre. Veio, retornou por várias vezes, sendo sempre bem recebida pelo público gaúcho. Tanto gostou da cidade que decidiu aqui fixar-se.

Em 1942 casou-se com o tenor Hugo Cesarini. Iniciava-se uma dupla artística que por oito anos ajudou a propagar a arte lírica através dos programas da Rádio Farroupilha.

Lídia Rossi dedicou-se também ao ensino do canto lírico e nessa atividade foi importante no desenvolvimento artístico da nossa terra.