Clique na foto para ampliar Lory Keller
Soprano

Natural de Santa Cruz do Sul. Um dos nomes mais conhecidos no cenário lírico do Rio Grande do Sul. Atuou em quase todos os municípios gaúchos e estendeu suas apresentações a outras cidades como Brasília, Goiânia, Natal, São Paulo, Curitiba e Florianópolis, bem como a Montevidéu e Punta del Este.

Estudou com os professores Olga Pereira, Ilse Sperb, José Dantas Pimentel, Heinz Schreurs e realizou seminários com Herbert Brauer, Marion Matheus e Max de Rieux.

Fez Curso de Aperfeiçoamento em Técnica Vocal e Interpretação na Escola de Música da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos.

Já se apresentou sob a batuta dos maestros Pablo Komlós, Arlindo Teixeira, Eleazar de Carvalho, Gunnar Larsen, Henrique Morelembaum, Alfred Hülsberg, Tulio Belardi, entre outros.

Entre suas mais destacadas atuações podem ser citadas: Stabat Mater, de Pergolesi, Messias, de Haendel, Missa da Coroação, Flauta Mágica e Bodas de Fígaro, de Mozart, o Morcego, de Strauss, Nona Sinfonia, de Beethoven, Réquiem, de Faurè, A Criação, de Haydn, Carmen, de Bizet, Carmina Burana, de Carl Orff, Réquiem Alemão, de Brahms, O Franco Atirador, de Weber, Gianni Schicchi, de Puccini e A Viúva Alegre, de Franz Lehar.

Paralelamente à atividade de cantora, Lory Keller desenvolve intensa atividade didática, atuando com professora da Escola de Música da OSPA, desde sua fundação, em 1973, até sua aposentadoria e ministrando aulas em caráter particular. Juremir Vieira, Susie Georgiadis e Sérgio Sisto, apenas para citar alguns nomes bastante conhecidos, foram seus alunos.