Clique na foto para ampliar Marga Alvarez
Soprano

Natural de Santa Cruz do Sul, 15 de setembro de 1926, onde iniciou a estudar piano e canto orfeônico. Continuou seus estudos de canto em Porto Alegre com Charlotte Kahle e com o maestro Pablo Komlós. Em Buenos Aires fez aperfeiçoamento de técnica vocal e interpretação operística com os maestros Carlos Sivieri, Mauricio Sorin e Prmavera Andrian. Ainda em Buenos Aires fez uma série de gravações para a divulgação de música erudita brasileira pela Embaixada do Brasil.

Cursou a Escola de Música da OSPA.

Além de concertos e recitais no Rio Grande do Sul, Marga fez apresentações em Buenos Aires, Montevidéu, Rio de Janeiro e Lisboa. Da crítica portuguesa (1974) mereceu: "Após ouvir a bela e fácil voz de Marga Alvarez, constato que a sua musicalidade, a riqueza de timbre e o amor que põe a serviço de sua arte são invulgares."

Com a OSPA participou da cantata cênica Carmina Burana, de Carl Orff, do Oratório de Natal, de Saint-Saens, e das montagens de La Bohème, Rigoletto, O Matrimônio Secreto, e A Viúva Alegre. Em forma de concerto apresentou-se em Traviata, Barbeiro de Sevilha e Lucia de Lammermoor.

Dedicou-se, ainda, ao ensino do canto lírico e orfeônico.

Marga Alvarez faleceu no dia 14 de outubro de 2007 em sua cidade natal.